Novos medicamentos podem vencer o câncer em 10 anos

Células cancerosas podem resistir ao tratamento 
Milhões de vidas poderiam ser salvas por novos medicamentos contra o câncer, que devem estar disponíveis dentro de uma década. Cientistas britânicos declararam que uma "excitante" missão de 75 milhões de libras (R$ 300 milhões) visa impedir que as células cancerígenas se tornem resistentes ao tratamento. Tais medicamentos ajudariam os pacientes a viver mais e a ter uma vida melhor, tornando a condição administrável e "mais curável".

As revelações vêm de especialistas por trás de um novo centro de Londres dedicado a enfrentar o problema. Enquanto cientistas do mundo todo lutam para vencer o câncer, o professor Paul Workman, chefe-executivo do Instituto de Pesquisa do Câncer (ICR, na sigla em inglês), classificou a resistência a drogas como "o maior desafio que enfrentamos no tratamento do câncer". 

Ele saudou o centro de pesquisa, que está desenvolvendo maneiras de superar a letal capacidade "evolutiva" do câncer de evoluir e se tornar resistente, como um "novo desenvolvimento realmente excitante".

Embora muitos tratamentos atuais possam destruir os tumores com precisão, se até mesmo algumas células doentes sobreviverem, o câncer pode voltar e se espalhar com uma vingança.

Pacientes que responderam bem ao tratamento inicialmente podem repentinamente descobrir que o câncer está crescendo novamente.

Prof Workman, que lidera a equipe que luta para encontrar uma nova abordagem direcionada para impedir o despertar e a disseminação do câncer, disse: "Este é realmente um processo darwiniano de seleção natural e evolução.

"Assim como as espécies se adaptam com o tempo e se tornam mais aptas, ou um vírus HIV evolui para se tornar resistente a medicamentos, o câncer no paciente individual evolui, não por gerações, mas muito rapidamente.

Fonte: Express

Postar um comentário

0 Comentários