Dicas para um sono melhor e ajudar no tratamento do câncer

A importância do sono no tratamento do câncer


tratamento do câncer
Dormir bem ajuda no tratamento
      Descansar é fundamental para se recuperar de um problema de saúde, como o câncer de mama. Entretanto, alguns tratamentos afetam diretamente a qualidade do sono e muitas mulheres apresentam dificuldades para dormir.

Estima-se que os problemas para dormir durante um tratamento para o câncer afetam cerca de 80% dos pacientes. Um estudo feito pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, mostrou que a insônia é três vezes mais prevalente em pacientes com câncer tratados com quimioterapia quando comparados à população em geral.

Então vamos indicar  dicas para melhorar a qualidade de seu sono:

1. Crie uma rotina de sono - Vá para a cama sempre no mesmo horario a cada noite e acorde no mesmo horário todas as manhãs. Um conjunto de rotina no sono vai "treinar" você adormecer e acordar com mais facilidade.

2. Reduzir a cafeína. Para algumas pessoas, um único copo de café de manhã, causa uma noite sem dormir. A cafeína também pode aumentar a necessidade de urinar durante a noite.

3. Limitar cochilos diurnos. Cochilo prolongado pode perturbar o seu ciclo natural do sono e impedi-lo de se sentir cansado o suficiente para cair no sono. 

4. Melhorar o seu ambiente de sono. Remova a televisão, telefone, e quaisquer outros dispositivos a partir do quarto. Isto reforça a ideia de que este quarto é para dormir. Um ambiente ideal é silencioso, escuro, e relativamente fresco, com uma cama confortável e desorganização mínima. 

5. Se você ainda está acordado após cerca de 20 minutos na cama, levantar-se e ler um tempo para relaxar. 

Dormir bem durante o tratamento do câncer é fundamental para lutar contra a doença, uma vez que sem um descanso adequado o nível de cortisol (hormônio do estresse) no organismo aumenta e a contagem das células NK, que ajudam o corpo a lutar contra o câncer, diminui. Um sono ruim pode ainda levar a outros problemas, aumentar a dor e diminuir a imunidade. E não são apenas os desconfortos físicos que afetam os pacientes que passam por um câncer. A depressão e ansiedade também costumam interferir na qualidade do sono.


Postar um comentário

0 Comentários