Câncer, vozes que precisam ser ouvidas

O câncer é uma doença cruel, traiçoeira e muitas vezes silenciosa, vai espalhando-se devagarinho e ocupando o espaço de orgãos vitais do corpo humano. 

A descoberta, através de diagnóstico médico é um choque, a surpresa atinge fortemente nosso psiquismo, causando uma série de efeitos incontroláveis, Uma doença física provoca sofrimento mental além do sofrimento orgânico. Uma pessoa afetada que a debilite fisicamente, e a deixe afastada dos outros pode iniciar uma depressão por exemplo. Nestes casos deve receber tratamento médico e psicológico.


Porque tratar o psicológico? Por que algum tempo atrás fizeram muita maldade dizendo que quem tem câncer “criou” esse câncer nele mesmo. Quer dizer que além de ter que tratar a doença, a pessoa com câncer ainda carregava a culpa por estar doente, isso é pura maldade com o doente. 


Não é assim que acontece. Mas é claro que as pessoas que sofrem com estas doenças merecem devem ter acompanhamento psicológico para conseguirem forças e resistência para o tratamento.

O tratamento para câncer inclui muitas vezes tratamentos agressivos, sejam eles por via quimioterápico e/ou radioterápico, afetando temporariamente (ou definitivamente) toda vida. A neuroquímica envolvida traz uma nova realidade, porque temos que aprender a trabalhar com náuseas, vômitos, fraquezas musculares, transformações corporais (como perda de cabelos e/ou pelos). 

As cirurgias que fazem parte do tratamento, não só mutilam o corpo, como também a alma, modificando nossa auto-estima.

O que fazer então? Fazer terapia é um caminho que vai ajudar a entender todos estes processos, aceitar-los e transformar o aprendizado com a doença em novas experiência de vida.

A colaboradora deste blog, a psico-oncologista Carla Mannino, está criando o "Grupo de Sentimentos em Oncologia", que terá seu primeiro encontro no dia 08 de Novembro de 2014 às 10h. Este espaço é para todos que estão interessados em conhecer um espaço onde seus sentimentos possam ser expressos e devidamente cuidados de forma adequada, respeitosa e saudável. 

O encontro será no consultório, (marcar previamente pelo fone (0XX51) 8414.2423) localizado na Rua Dona Laura, 45 / conjunto 601, Bairro Moinhos de Vento, cidade de Porto Alegre.  Um pequeno mapa está anexo abaixo:



Postar um comentário

0 Comentários