Câncer de mama, 7 mitos que não devemos seguir

câncer de mama
O câncer é o segundo câncer mais frequente no mundo, respondendo por cerca de 22% dos casos novo a cada ano,  é provavelmente seguro dizer que todos nós conhecemos alguém que está afetado por esta doença, de alguma forma. 

Com estatísticas como essa, não é de admirar que o câncer de mama é o câncer mais temido entre as mulheres.Infelizmente, esse medo gera desinformação, e você pode estar perdendo seu tempo e energia evitando produtos, alimentos e comportamentos que não têm efeito cientificamente comprovado sobre o risco de câncer de mama. Aqui estão os sete mitos.

1 - Vestindo um Sutiã


As mulheres tem ouvido que o simples ato de usar um sutiã, especialmente um tipo de sutiã, pode causar câncer de mama. É um mito, e um novo estudo prova que, não encontrando relação entre câncer de mama e qualquer aspecto de usar um tamanho de sutiã, e sim um tipo de material, não importando com quantos anos você estava quando você começou a usar um. "Foi um estudo bem feito e foi muito reconfortante", diz Kari B. Wisinski, MD, um médico oncologista com a Universidade de Wisconsin Carbone Cancer Center, em Madison.

2 - Implantes mamários


Vários estudos têm tentado e falhou em transformar-se qualquer ligação entre os implantes de mama e câncer de mama. Uma preocupação adicional de que algumas mulheres tem é que a mamografia pode perder alguns tipos de câncer de mama em mulheres com implantes. Isto, também, é em grande parte infundados. "Fazemos incidências mamográficas adicionais sobre as mulheres que têm implantes", explica Therese Bevers, MD, diretor médico do Centro de Prevenção do Câncer do Centro de Câncer da Universidade do Texas MD Anderson, em Houston. Os médicos também realizar raios-x para obter uma imagem mais completa.

3 - Desodorante antitranspirante


Uma das principais preocupações com desodorante foi que os compostos à base de alumínio encontrados em antitranspirantes têm efeitos similares ao estrogênio que pode alimentar o crescimento do câncer de mama. Não há nenhuma evidência para apoiar essa alegação se, nem há qualquer evidência para apoiar uma outra preocupação que tem sido expressa: que os conservantes encontrados em desodorantes e antiperspirantes, chamados parabenos, causa câncer.



4 - Beber café


O hábito de consumir café e outras formas de cafeína pode aumentar o risco de câncer de mama?

Provavelmente não. Embora alguns estudos tenham mostrado fraca evidência de apoio a esta evidência , outros descobriram que o café pode até reduzir o risco de câncer de mama em certos grupos de mulheres. Os grãos de café são ricos em antioxidantes, e pesquisas recentes mostram que o café é na verdade o número um fonte de antioxidantes na dieta americana. Mais vitórias para o café: tem sido ligada a melhoria da circulação, menos dor, melhor memória e preservação muscular.


5 - Uma mamografia, ressonância magnética, ultra-som


Sim, você vai ser expostos à radiação durante uma mamografia, mas a quantidade de este exame é insignificante. Enquanto isso, vários estudos têm mostrado que a mamografia regular pode ajudar a diminuir os índices  de mortes mais baixos por câncer de mama em mulheres de 40 a 75 anos, especialmente entre os mais de 50 anos A American Cancer Society recomenda que as mamografias anuais a partir de 40 anos para as mulheres em situação de risco normal para a doença.


6 - Viver perto de linhas de energia


As pessoas culpam campos eletromagnéticos de linhas de energia para todos os tipos de males, incluindo câncer de mama.Pelo menos dois estudos rigorosos não conseguiram encontrar qualquer ligação entre os dois.


7 - Usando alisadores de cabelo químicos



Mulheres afro-americanas são mais propensos a morrer de câncer de mama do que as mulheres brancas, e câncer de mama é mais comum em mulheres afro-americanas com idade inferior a 45 anos.

Esses fatos podem ter levado ao mito de que alisadores de cabelo química ou relaxantes poderiam causar câncer de mama em mulheres afro-americanas. Um estudo de cerca de 50.000 mulheres afro-americanas em 2007 desmistificou o fato, não encontrando nenhuma ligação entre esses produtos de beleza e câncer de mama.

Este artigo faz parte da campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama.




Postar um comentário

1 Comentários

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!