Novembro Azul, câncer de prostata é o foco

cancer de prostata
O mês é de novembro, agora foco para as campanhas de conscientização volta-se para os homens, com o Novembro Azul, procura-se esclarecer e diminuir a incidência do câncer de próstata. Ao longo mês postaremos noticias a respeito desta doença e também relembraremos artigos já publicados aqui no blog.


Uma das questões mais controversas são os testes, sejam eles do antígeno prostático especifico ou do exame de toque retal, e benefícios para prevenção e tratamento. 

O câncer de próstata (CaP) é a segunda neoplasia mais diagnosticada em homens adultos, sendo considerado problema de saúde pública no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) são estimados 60.180 novos casos (dados de 2012) e 12.778 mortes ( dados de 2010)

Estima-se que 240 mil norte-americanos são diagnosticados com câncer de próstata todos os anos e quase 30 mil morrem, tornando-se a segunda principal causa de morte por câncer em homens. Os maiores riscos são entre os 50 e 75 anos de idade.

Segundo o médico Dr. Jon LaPook, correspondente médico da rede americana CBS,  o teste para o câncer de próstata é uma questão confusa para os pacientes e médicos por uma série de razões. Primeiro, o teste utilizado para este tipo de rastreio, denominado um antigénio específico da próstata (PSA), que é útil, mas isso nem sempre é um bom indicador da doença e pode criar uma situação de alarme falso. 

Um aumento nos níveis de PSA pode ser cancer da próstata, mas também sinaliza com muitas outras condições benignas, tais como o da próstata, naturalmente, cada vez maiores com a idade.

Além disso, ele explicou que, mesmo que os níveis de PSA levam para o câncer que está sendo encontrado, ele não pode ser tão urgente a situação como ela é percebida.

"Mesmo se você tem um PSA elevado e você terá uma biópsia da próstata, e mostra o câncer de próstata, as chances são que você não vai morrer de câncer de próstata, porque é uma deonça de crescimento lento. Geralmente, leva pelo menos 10 anos para matá-lo ", disse ele.

Embora existam exceções a que, de acordo com o National Cancer Institute 83 por cento dos cancros da próstata são não-fatais e apenas cerca de 3 por cento dos homens morrem com esta doença.

Este foi o primeiro de nossos artigos sobre o Novembro Azul, aguardem os novos artigos e relembre os já publicados:




Fonte : CBS   


Postar um comentário

2 Comentários

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!