Cancer de Mama, suplementos vitaminicos e os beneficios.

Todos os dias, milhões de pessoas tomam suplementos multi-vitaminas e sais minerais com a esperança de se manter saudável e ainda reduzindo o risco de doenças. 

E uma grande área de interesse, especialmente para mulheres, é o risco de câncer e mortalidade. Porém para a ciência , que não vive de esperança, necessita de evidência que comprovem a eficácia destes suplementos. Um novo estudo publicado na revista norte-americana Breast Cancer Research and Treatment  com o titulo O papel da vitamina e minerais no risco de morte de mulheres já diagnosticadas com câncer de mama, tenta resolver esta questão específica.

Usando banco de dados combinados de 161.608 as mulheres na pós-menopausa com idades entre 50 e 79 anos da Women's Health Initiative, um grupo de 7.728 as mulheres diagnosticadas com câncer de mama invasivo foi selecionado para um posterior estudo . 

Conhecida como um estudo observacional, esse relatório compara o consumo de vitaminas e sais minerais com mortalidade por câncer da mama em mulheres com diagnostico de cancro da mama. Suas análises mostrou uma associação entre o uso de multi-vitaminas e minerais e uma redução de 30 por cento na mortalidade. Embora isto possa soar impressionante é importante dar uma olhada.

Os autores reconhecem esse o vínculo entre consumo de suplemento e redução da mortalidade por câncer de mama é somente uma associação. Não relaciona-se como uma "causa e efeito," . Mas antes que a associação possa ser estabelecida, é importante analisar a forma como os dados originais foram coletados. 

Por exemplo, quão preciso foi a vitamina / mineral de admissão dos participantes em estudo? 

Para estudos observacionais, a confiança na informação auto-relatada estilo de vida, coletados pelos resultados da pesquisa, é a base para as análises estatísticas complexos. 

E embora a análise estatística são complexas, os dados reais analisada pode ser altamente variáveis, especialmente no que diz respeito à informação relatada.

Ainda há muito a se pesquisar já que estudos anteriores diziam exatamente o contrário, que o consumo aumentava o risco de cancer.

O importante é saber que as pesquisas sempre mostram um caminho e não uma solução definitiva. Vamos aguardar novos resultados e os relataremos aqui.



Postar um comentário

0 Comentários