Câncer de Bexiga, Julho é o mês para se conscientizar

Julho é o mês escolhido para uma maior atenção a neoplasia originária no órgão que armazena a urina. É importante se informar sobre este tipo específico, pois os sintomas são parecidos com doenças mais comuns como a infecção de urina. E quando se trata de câncer, um diagnóstico precoce é de grande relevância.


A negligencia dos sintomas e a consequente demora na busca por atendimento médico podem levar a diagnósticos em estágios avançados.

Além disso, informações, campanhas e pesquisas sobre o câncer de bexiga são muito restritas no país e no mundo. Como é uma doença de baixa incidência, não há mobilização da saúde pública e nem interesse comercial no desenvolvimento de novos medicamentos.

O câncer de bexiga é a neoplasia que acomete o epitélio de revestimento, ou as células que revestem a bexiga internamente. O principal sintoma, tanto na doença inicial quanto na metastática, é o sangue na urina. Outro sinal é o desconforto ao urinar como dor e ardência. É preciso procurar um médico e fazer exames ao notar qualquer tipo de alteração para urinar, como aumento de frequência, dor, queimação, urgência em urinar com a bexiga vazia, entre outros.

O principal fator de risco é o tabagismo. Em menor grau, a exposição ocupacional a alguns agentes como carcinógenos, benzeno, e irritações crônicas na bexiga, como infecções e cálculos, também predispõe à doença.

Recentemente, o FDA ( Food and Drugs Administration), orgão regulador de medicamentos dos Estados Unidos, advertiu que a droga pioglitazona, utilizada no tratamento de diabetes tipo 2, aumenta em 40% o risco de desenvolvimento de Câncer de Bexiga, caso o paciente o utilize por um ano ou mais. 
 
A França proibiu a droga em 2011, depois de um estudo que acompanhou 1,5 milhão de pessoas com diabetes também encontraram um risco aumentado de câncer de bexiga, especialmente nos homens.


 

Postar um comentário

2 Comentários

  1. O negócio é ficar atento ... e não deixar de ir ao médico ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Joselito,

      Sempre se prevenir amigo, e claro que visita periódicas ao médicos são necessárias..

      Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!