Cinco tons do câncer


A vida é colorida e cheia de frescor, a primavera oferece um sem número de opções de cores, flores e perfumes, eles ocupam o lugar que antes era do gélido e (quase) sem cor do inverno. Muitas vezes vivemos uma vida cheia de cores e nos julgamos invencíveis. E por motivos (as vezes desconhecidos) nossas vidas perdem o frescor, é a doença.

Ela pode chegar na aurora da vida, a infância, na adolescencia, juventude, maturidade ou na velhice. E falaremos, da doença que mais tem evoluido nos últimos tempos:o câncer, e teremos os cinco tons de câncer, que de maneiras diversas e totalmente heterogeneas acontecem, para desespero de alguns e a resignação de outros.

A pessoa que adoece atravessa itinerário de cuidado da saúde em busca de orientações, explicações e tratamento para sua doença. As explicações da doença, de sua origem e tratamentos estão ligadas diretamente às crenças e valores das pessoas, que geram o sistema de conhecimento, a respeito da estrutura e do funcionamento do corpo.

O desconhecimento, na sua totalidade, da origem do câncer, a respeito de seus tratamentos e cuidados desencadeia muitas interpretações. Muitos interpretam como sendo uma doença contagiosa e afastam-se das pessoas com a câncer. No senso comum, a palavra câncer está intimamente associada a idéia de dor e morte. Sempre se atribui que o câncer é extremamente doloroso e que dele advém uma morte horrível.

Ante esta expectativa, a procura ao médico é (quase) último recurso, chegando no consultório (ou posto de saúde), começa o processo mais angustiante e dificil : o diagnóstico. No entanto, após saberem-se portadores de uma doença grave, o encaminhamento à instituição hospitalar para o tratamento do câncer, fatores como a ansiedade, a dor e o desconhecimento da doença são problemas que estão longe de serem sanados.

O tempo entre o primeiro atendimento médico, idas e vindas aos profissionais e a chegada ao hospital de referência para o atendimento oncológico perdura meses e gera sentimentos de incerteza, insegurança e ansiedade ao paciente, seus famíliares e membros de seu circulo de amizades.

O processo de descoberta de uma condição crônica de saúde, em especial uma doença oncológica, altera significativamente a vida, de todos os envolvidos, passando pelo paciente, a família e suas relações. Neste momento, o sentimento de impotência e incertezas mudam o cotidiano do paciente, gerando desconforto. Neste momento, damos o tom final para este artigo : A família é a base de tudo.  
É onde você encontra apoio para suportar e superar tudo o que vem junto com o tratamento.

Quer ler os meus outros artigos sobre o câncer ? Leia aqui e também esta postagem do Guia e Dicas 

Postar um comentário

0 Comentários