Nova droga contra o câncer colo-retal traz esperanças


Chama-se regorafenib, o medicamento que, aparentemente, retarda o crescimento do tumor e prolonga a vida em casos avançados após outros tratamentos falharem. Bayer HealthCare, o fabricante de regorafenib, disse que iria procurar a aprovação do medicamento este ano na Food and Drug Administration  (FDA), a rigorosa agência de medicamentos dos EUA. Se aprovado, regorafenib seria primeiro novo tratamento  para câncer colorretal em mais de cinco anos.
Adenocarcinoma invasivo (o tipo mais comum de câncer colorretal)
A medicação para pessoas com avançado câncer colorretal que tenha esgotado todas as outras opções de tratamento parece retardar o crescimento do tumor e prolongar a vida, de acordo com novos dados. 
Embora a quimioterapia e outras medicações podem estender vida em pessoas com metástase de câncer (câncer que se espalhou por todo o corpo), as alternativas são necessárias quando essas drogas param de agir, disse o Dr. Heinz-Josef Lenz, professor da USC Keck School of Medicine e um investigador nos testes do medicamento  regorafenib. 
"Acho que esta é uma nova ferramenta no arsenal para pacientes com esta doença", disse Lenz  a respeito dos resultados.
"Durante anos, os pacientes com câncer colorretal metastático têm enfrentado um impasse devastador quando quimioterapias padrão não conseguem deter o crescimento de tumores e médicos estão sem medicamentos eficazes para lhes oferecer", diz Dr. Axel Grothey, oncologista da Mayo Clinic, EUA.  "Este é o primeiro agente, em oito anos,  que mostram melhoras na sobrevida global dos pacientes com câncer de cólon que não respondem a outros tipos de tratamento" 

 

Postar um comentário

0 Comentários