O poder e a cobiça

Estava com saudade de escrever algo relacionado a comportamento aqui no blog, ultimamente só tinha postado artigos relacionados a ciências, vou tentar ser mais equilibrado neste sentido. Aproveitando que hoje estreia o novo filme de Oliver Stone:  Wall Street - O Dinheiro Nunca Dorme -(Wall Street 2: Money Never Sleeps, no original), para falar sobre esta questão tão impactante em nossos dias. No primeiro filme, Wall Street - Poder e Cobiça, Gordon Gekko (Michael Douglas) é o investidor que usa a informação privilegiada para enriquecer. 

Em nossos dias, ainda estamos tentando recuperar do grande "crash" causado pela depressão mundial de 2008. Onde chegaremos enquanto o comportamento das pessoas for apenas pela volúpia do ter, não do ser ? Construir algo sólido para proveito de muitos está fora de questão, queremos é nos "embriagar" pelo doce mel da conquista individual, chegar ao Olimpo dos prazeres, ser senhor do raio e do trovão!!

O homem em sua história sempre foi movido pela conquista, pelo poder de dominar, sejam povos, nações e  idéias. Grandes conquistadores movido pelo poder derramaram muito sangue, destruíram civilizações, acabaram com registros históricos importantes. Só para sair do lugar comum, vou citar a cúpula da igreja de Frauenkirche era praticamente única. Em 13 de fevereiro de 1945, Dresden, na Alemanha foi varrida pelas bombas aliadas. 

Várias obras arquitetônicas, que proporcionavam à cidade um conjunto harmônico, afundaram em cinzas.

E pergunto para que? ou porque? Poder e cobiça, ódio e destruição sempre foram palavras que andaram juntas neste contexto. As campanhas eleitorais parecem seguir este caminho e rastro, mas como já disse aqui no blog este parece ser um comportamento ancestral (medieval) em ver as "bruxas" pegando fogo, não importa se amanhã pode ser você, importa que hoje não é.



Postar um comentário

4 Comentários

  1. Geraldo,

    Eu estive na Catedral de Magdeburg (protestante), coisa linda, mesmo semi-destruída (estava em fase de restauração) pelo bombardeio! É a Catedral gótica mais antiga da Alemanha!

    Fui tambem a Dresden, sabe que tem outras igrejas na europa que possuem este mesmo nome: Frauenkirche?! Quando restauraram (que só ficou pronto neste novo século) esta de Dresden foi para ser um símbolo da reconciliação.

    Fico curiosa para saber a de Magdeburg...

    Bom... falando agora de Wall Street 2: estou doida para ver, pq a crítica fala muito bem, especialmente do otimo Michael Douglas.

    Infelizmente o poder e a cobiça são os pivôs das discórdias, mortes, escandalos etc...

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Geraldo querido!
    Muito bom esse seu texto! Excelente, aliás!
    Poder e vaidade, amigo...alimentam o ego e o perigo está no quão longe os olhos podem enxergar (cobiçar).
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Cara! que texto hein?
    Amigo, cobiça é uma palavra pertencente ao dia a dia desses Gargameis da vida. Seja na política ou em nossa roda de amigos,"da onça" se tratando de alguns. ahahaha
    Sobre a fogueira, queimavam as bruxas ao invés dos culpados. Era mais fácil né?

    abçs

    ResponderExcluir
  4. Geraldo ,
    Tem uma historinha do Einstein que a sua licença vou contar aqui .
    Einstein dizia que a natureza humana que gosta de destruir funciona como um rio . E é impossível mudar a natureza de um rio . Maaas, se ela causar enchentes toda hora não podemos ficar de braços cruzados a chorar. Pois não ? O lógico seria fazemos uma represa.
    Do mesmo jeito que usamos a razão para barrar um rio, podemos usá-la para frear a desconfiança, o medo e a cobiça que movem as pessoas e seus governantes.
    abraço.
    Eninha
    AH! Gostei do blog novo :)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!