Embustes nos tratamentos ortomoleculares

Não tenho muito o costume de assistir o programa Fantástico da Rede Globo. Mas ontem tinha uma reportagem sobre atendimentos em clinicas de medicina ortomolecular. Chamada era bem sugestitiva: "São testes proibidos, diagnósticos errados, tratamentos perigosos, falsas garantias de emagrecimento e rejuvenescimento. Um escândalo. Nas quatro clínicas visitadas, a produtora do Fantástico contou uma história parecida: “Desânimo, queda de cabelo, problema de memória, dormindo mal, eu tive depressão”, Sintomas iguais, diagnósticos diferentes".  

Li depois a resenha no site do programa e fiquei pensando: "Este é mais um dos embustes do Século XXI, prometendo curas milagrosas. emagrecimento, resolução de problemas diversos". O mais incrível de tudo isto é que todas as técnicas utilizavam uma gota de sangue do dedo. Só que o teste não tem comprovação científica e é vetado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Os diagnósticos mais desencontrados, legitimos "chutes". Especialistas ouvidos pelo programa, reprovaram as técnicas, diagnósticos e remédios receitados. Depois de tudo isto palavras mágicas como antioxidantes e radicais livres foram utilizados em grande quantidade, todas com conceitos errados, segundo o hematologista Daniel Tabak.

Essa é a mensagem que, na verdade, tem sido transmitida pela comunidade médica e pela comunidade de químicos e bioquímicos que trabalham com radicais livres: consumam legumes, frutas e verduras”, diz o professor Etelvino Bechara. 

Então acompanhem a dica dos médicos, comam muita verdura (eu gosto preferencialmente das de folhas verdes), frutas (ai gosto de todas), legumes (todos). Afinal sempre faz bem para nossa saúde, a natureza sempre nos municiou com este arsenal natural de reposições nutritivas.  

(Com informações do programa Fantástico/Rede Globo)

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Geraldo,

    O facto é que essas clínicas tem milhares de clientes. Pessoas que acreditam piamente que vão melhorar a saúde e a aparência com umas pílulas de não sei quê. Esquecem-se que a natureza (onde nós nos incluímos) não é reversível.

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti a reportagem que vc indicou. Eu sempre considerei que um dia isso seria questionado. Imagina que até hoje não há aceitação cientifica para tratamentos homeopaticos, muitos medicos não conseguem ver a real eficacia, existe tambem medicamentos falsos. Eu ja fui numa medica ortomolecular e não vi em 6 meses nenhuma mudança significativa. Em contrapartida, tinha um chefe que se tratou com um medico de "alto nivel" e ele obteve resultados (duradouros). O que penso ser perigoso, além da mistura de substanciais quem está manipulando.

    ResponderExcluir
  3. Uma boa alimentação é a chave para a saúde. Se descuidamos desta parte, corremos o risco de estar atras de tratamentos que se auto-intitulam milagrosos mas que na verdade não tem nenhuma eficácia.
    Escritura Viva

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!