Tese do Resfriamento Global : Mito ou Verdade?


Estava vendo o Jornal da Band hoje (27/10) e deparei-me com esta matéria que dá título ao meu artigo, será que a Terra está esfriando ao contrário do propalado aquecimento global? Veja a reportagem abaixo e deixem seus comentários a respeito.

"A dois meses do Congresso Mundial sobre Mudanças Climáticas, na Dinamarca, a teoria de que o planeta estaria esfriando, ao invés de aquecer, tese mais aceita, tem ganhado força entre cientistas.

No Brasil, um dos principais defensores desta teoria é Luis Carlos Molion, físico com pós-doutorado na Inglaterra e experiência de 25 anos à frente do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

A tese é fundamentada no princípio de que a Terra tem um ciclo natural de aquecimento e resfriamento que dura em média 60 anos.

Os oceanos são os responsáveis por regular a temperatura do planeta e, de acordo com pesquisas internacionais, estão perdendo calor.

Segundo Molion, reduzir as emissões de gás carbônico (CO²) não teria efeito nenhum sobre as mudanças climáticas, já que “os fluxos naturais de carbono entre oceano, vegetação, solos, e atmosfera somam 200 bilhões de toneladas por ano”. O homem seria responsável por apenas seis toneladas.

Para ele, a grande divulgação da teoria de aquecimento global serve aos interesses dos países desenvolvidos, já que os acordos sobre mudanças climáticas preveem que as nações mais pobres precisam reduzir as emissões de CO².

Apesar disso, as temperaturas nas cidades têm crescido por conta do fenômeno conhecido como ilha de calor, quando o calor do sol aquece diretamente concreto e asfalto, e não árvores e rios, e eleva os termômetros."


A Notícia não é inédita, já saiu no site da inovação tecnológica  e na ambientebrasil 

Neste último (Ambiente Brasil) fala sobre o curriculo do Prof. Dr. Luís Carlos B. Molion:

Molion que teve formação em Física pela Universidade de São Paulo (USP), doutorado em meteorologia pela Universidade de Wisconsin (EUA) e pós-doutorado em Hidrologia de Florestas pelo Instituto de Hidrologia (Inglaterra), além de uma passagem de 25 anos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), onde foi diretor, defende ainda que a quantidade de gás carbônico emitida pelo homem é três vezes menor que a de fluxos naturais da fotossíntese em florestas, oceanos e solos. 

No mínimo é importante ouvir os dois lados: a tese do resfriamento e a tese do aquecimento global, quanto mais debates tivermos, mais poderemos saber sobre as influências que o clima  sofre com a intervenção humana ou então sobre os períodos climáticos naturais.

O debate está na mesa, confesso que,  como espectador, vou acompanhar com vivo interesse as próximas informações sobre alterações do clima. 





Postar um comentário

6 Comentários

  1. Também acompanhei essa matéria no Jornal da Band de ontem, e confesso que senti uma certa parcialidade do cientista, como se fosse um advogado de defesa do Petróleo, vamos assim dizer.

    Achei um pouco absurda essa tese de que o homem é responsável por praticamente nada em relação a poluição. Mais estragos do que fazemos? Basta olhar o lixão que se encontram os fundos dos oceanos e o lixão que se encontra circundando o planeta de objetos enviados ao espaço e depois desativados.

    Essa "teoria da conspiração" de que os países ricos querem brecar o avanço dos emergentes é no mínimo absurda também. O enriquecimento dos emergentes evitará milhões de imigrantes ilegais.

    E tem o exemplo de vários países da Europa que já rodam carros movidos a hidrogênio que emitem poluição zero já que a "fumaça" do escapamento é simplesmente água.

    Enfim, apesar de gostar de debate senti que Luis Carlos Molion foi extremamente tendencioso e os fatos que mostram a irritação da natureza vencem, a meu ver, quaisquer tese.

    Mas, é sempre bom poder discutir o tema.
    Abração

    ResponderExcluir
  2. Sei lá, pode até esfriar, mas, antes disto acho que ainda vai esquentar muito.

    ResponderExcluir
  3. Esta teoria de que a terra está esfriando é difil de acreditar.Pois o que nós temos visto é ao contrario.Mas só o "tempo" é quem vai dizer.

    ResponderExcluir
  4. O Molion contribui para mudar o tempero daspolitização global com que são tratadas as questões fundamentais.
    Ele ajuda a retirar a cortina de fumaça, historicamente provocada pelos países ricos, para manter e aprofundar a míseria crescento em todos os dados, inclusive da FAO e UNU.
    Valdir.

    ResponderExcluir
  5. Primeiro estávamos convictos sobre o aquecimento global, agora já paramos pra pensar se isso é verdade, daki a poko tempo estaremos 50 a 50%. Segundo, Inglaterra entre outros grandes, mandam no mundo a milhares de anos, por não poder guerriar tão facilmente mais, arrumaram isso pra para os países emergentes, todos nós sabemos que a china em poko tempo vai mandar no mundo com o msm teor que EUA Inglaterra entre outros, depois aparece o Brasil, depois mais outro , assim os grande de agora vão ficar com poka voz nisso. Terceiro, o cientista ae, fez uma pergunta num programa que vi, qual pesquisa q mostra que a Terra estar aquecendo, si no ártico esta desgelando, na antártida está aumentando o gelo. Por último, o Homem influenciar no clima em regiões isoladas, não no clima em todo, lógico que em São Paulo faz mais calor do que uma cidade no interior, esse calor gera eventos diferentes, mas não influencia o clima em geral, agora msm se estiver aquecendo ou resfriando, devemos proteger a natureza, por várias outras questões......Ok..........Flow.......

    ResponderExcluir
  6. JOSÉ WELTON QUERINO - É fato que ao analisarmos o passado poderemos constatar que realmente houve ciclos de resfriamento global - portanto é perfeitamente plausível que haja a ocorrencia de novos eventos dessa natureza. Somos regidos por leis e energias naturais que possuêm seus ciclos e oscilações que sem dúvidas afetam todo ecosistema global. Acredito que o homem possua capacidade para interferir no micro-clima local e até regional, mais existem sim fatores muito maiores que não dizem respeito à atividade humana.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!