Feliz Dia das Crianças



Hoje é Dia das Crianças, levou-me a entrar no túnel do tempo, voltar aos anos 70 procurando o ambiente de pura felicidade que vivia, época ingênua, descompromissada e claro muito feliz, quero publicar o que era a minha felicidade em programa de televisão da época.

Meu Herói: Thor, o deus do trovão (Fonte: - Wikipédia)

Ah! este continua no meu imaginário até o hoje

Thor é um personagem de HQ presente no Universo Marvel, publicado pela Marvel Comics. Baseado no deus Thor da mitologia nórdica, ele foi criado por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby, tendo Joe Sinnot participado como desenhista ajudante, não sendo creditado. Sua primeira aparição foi numa revista chamada Journey into Mystery #83, em 1962, nos E.U.A..


Quando O Poderoso Thor surgiu nos quadrinhos Marvel, os artistas se inspiraram nas lendas nórdicas, com seus deuses e ameaças tão fantásticas. Mas ele só foi retratado como o verdadeiro deus nórdico e não um humano com seus poderes, quando Lee assumiu os roteiros da personagem, que no início ficaram a cargo de seu irmão, Larry Lieber. Assim foi criado um dos mais poderosos membros dos Vingadores.

Em várias histórias Thor enfrenta divindades de outras mitologias. O confronto mais memorável foi quando combateu Hércules, numa série de histórias de Lee/Kirby e que introduziram os deuses gregos no Universo Marvel. Também já enfrentou o deus egípcio Seth.





Seriado Brasileiro :  Vila Sésamo (Fonte : Memória Globo)


Vila Sésamo foi uma série de televisão,uma versão brasileira baseada no programa infantil norte-americano Sesame Street (criado pela Children’s Television Workshop de Nova York, baseado em opiniões e conceitos emitidos por técnicos de educação e agência de publicidade).

O seriado infantil começou a ser transmitido em 12/10/1972. A ideia de criar a adaptação do Sesame Street foi de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni), então diretor da Central Globo de Produções (uma divisão da Rede Globo), e de Claudio Petraglia, diretor da TV Cultura de São Paulo. Na época, a Rede Cultura e a Rede Globo estavam bastante interessadas em adaptar o programa norte-americano. Como a Rede Globo inicialmente não tinha estúdios para filmar o seriado, foi criada uma parceria entre as emissoras. Eis o motivo de Vila Sésamo ter sido exibida pelas duas emissoras até 1974, quando a TV Globo assumiu totalmente a produção do programa.


Conseguidos os direitos da Children's Television Workshop, Vila Sésamo teve sua estréia na TV. Era exibido às 10h45 e 16h, e durava de meia a uma hora. Era um programa que trazia noções educativas para as crianças, mas de um modo que não fosse chato, que mesclava a educação com a diversão e uma boa dose de humor. O cenário, era uma vila onde pessoas e bonecos conviviam com crianças. Ao longo das três fases do programa, eram abordados temas diferentes como as letras, os números, as cores,a higiene, o respeito no trânsito, e outros. Tudo isso acompanhado de desenhos animados e canções compostas pelos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle.

Foi a partir de 1973 que Vila Sésamo foi completamente nacionalizada. Foi nesse ano que surgiram as versões brasileiras dos famosos bonecos Garibaldo, Gugu e Funga-Funga. Uma outra novidade era as participações de crianças carentes entre 3 e 10 anos. As únicas cenas não produzidas no Brasil eram as de Ênio e Beto, personagens do Sesame Street, cuja as cenas eram apresentadas no seriado.

Com o tempo surgiam novas temáticas, novos personagens, um grande sucesso infantil na TV brasileira. Vila Sésamo só deixou de ser exibida em 1977, por causa dos altos custos da produção e também pelo fim do contrato com a emissora norte-americana. Sua última exibição foi em 04/03/1977.

Seriado norte-americano: Banana Splits (Fonte : Wikipédia)


Os Banana Splits são um grupo de bonecos que protagonizaram um programa de TV produzido pela Hanna-Barbera (no original The Banana Splits Adventure Hour). Exibido pelo canal estadunidense NBC no período de 1968-1970, o programa durava 1 hora e alternava desenhos animados, seriado com atores, piadas e números musicais. Teve 31 episódios. A primeira temporada teve como diretor Richard Donner.


Como grupo, Os Banana Splits são um quarteto musical amalucado, que toca música pop e rock, formado pelos seguintes bonecos (atores com fantasias):

O cão beagle Fleegle, o líder do grupo;

O gorila Bingo;

O leão Drooper;

O elefante Snorky, o baterista mudo.

Dentre os desenhos animados apresentados pelos bonecos estão Os Cavaleiros da Arábia, os Três Mosqueteiros e as Micro Aventuras.

A série com os atores se chama "A ilha do perigo", e contava com o então jovem Jean-Michel Vincent.



Postar um comentário

1 Comentários

  1. Ótimo post, Geraldo!
    É muito bom lembrar dos bons tempos de criança.

    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!