Negócios nas nuvens


Quando li o conceito de cloud computing(*),  notei que se tratava de um negócio amplo, procurando suprir as empresas de meios necessários que não investiriam em hardware, mas em processamento, investindo e transformando em "utility". Porém necessário se faz uma reflexão: Será que as empresas no atendimento de suas necessidades optarão  por este modelo de negócios, em detrimento dos tradicionais fornecedores de aplicativos ?

No modelo de cloud computing, companhias como o Google e Salesforce.com, para ficar apenas com aquelas que atuam no Brasil, terão que evoluir e crescer de tal forma os seus serviços para que as áreas de TI perderem suas funções neste modelo tecnológico  e econômico e tragam  vantagens para seus usuários. Ainda não foi demonstrado plenamente que possam fazer isto, por isto ainda prefiro o modelo híbrido em quem poderemos conciliar os dois modelos até que o cloud computing demonstre ser inteiramente confiável. 

Outras notícias nos dão que os OS no futuro serão em modelo cloud computing, quem duvida?

(*) A nuvem computacional ou cloud computing consiste em compartilhar ferramentas computacionais pela interligação dos sistemas, semelhantes as nuvens no céu, ao invés de ter essas ferramentas localmente (mesmo nos servidores internos). O uso desse modelo (ambiente) é mais viável do que o uso de unidades físicas

Postar um comentário

0 Comentários