É hora de quebrar o Silêncio


Pornografia Infanto-Juvenil na Internet


É dever de todos zelar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor." (art. 18 do Estatuto da Criança e do Adolescente)

      O Ministério Público do Rio Grande do Sul numa ação integrada com a Superintendência Regional da Polícia Federal do Rio Grande do Sul, contando com o apoio do Ministério Público Federal e do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente da Polícia Civil, firmou Protocolo de Cooperação Técnica visando combater a pornografia infanto-juvenil na Internet, disponibilizando um link para que a comunidade colabore denunciando a publicação de imagens de cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança e adolescente. 

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Grande Geraldo, sempre preocupado com as causas comunitárias ...espero, e sempre que as autoridades e a justiça sejam mais eficientes nesta luta, ainda estão perdendo e feio.

    ResponderExcluir
  2. É preciso denunciar sempre, não importando se é amigo, parente, colega de trabalho ou vizinho. É a certeza da impunidade que incentiva toda ato criminoso. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!