Triste Quadro..

Esta semana foi dura com as noticias da nossa política: gravações envolvendo o presidente do Senado e seu filho Fernando Sarney,  entrevista de Daniel Dantas a  IstoÉ  , revelando negociações que segundo ele :  "...eram feitas abaixo da linha da cintura".  Não menos explosiva a matéria  da Veja que fala sobre o comportamento fisiologista do PMDB :

"...Se o PMDB desaparecesse por decreto da noite para o dia, a corrupção e o fisiologismo, irmãos siameses, continuariam a permear a atividade política no Brasil. Vale a pena ler a definição da Wikipédia: "Fisiologismo é um tipo de relação de poder político em que as ações políticas e decisões são tomadas em troca de favores, favorecimentos e outros benefícios a interesses individuais. É um fenômeno que ocorre freqüentemente em parlamentos, mas também no poder executivo, estreitamente associado à corrupção política. Os partidos políticos podem ser considerados fisiologistas quando apoiam qualquer governo independente da coerência entre as ideologias ou planos programáticos."

É por estas e outras noticias que vejo que Jacobinos e Girondinos (membros da Assembléia Nacional Francesa , para saber mais sobre eles,  clique aqui )   se revirariam nos túmulos se analisassem  a política brasileira: afinal, definir qual partido é de direita ou esquerda, ficaria muito mais simples classificar apenas em partidos governistas e ex-governistas. Afinal nesta mistura de partidos que temos, nenhum tem coerência nacional, apenas interesses regionais, claro que quando estão no governo nacional (aliás como diria a Veja, para o PMDB : "hay gobierno, estoy dentro.") procuram sitiar o partido governista para as benesses nacionais e principalmente seus interesses regionais.


Postar um comentário

0 Comentários