Acidente aereo: novo heroi de Nova York

Chesley B. Sullenberger, conhecido pelos amigos apenas como "Sully" tem o currículo necessário para ser o "milagreiro" que salvou 155 pessoas a bordo de um avião da US Airways que, na noite de quinta-feira, fez um pouso de emergência nas águas geladas do Rio Hudson , que separa Nova York de Nova Jersey, após problema nas turbinas. Os 40 anos de experiência na aviação comercial foram fundamentais para que Sullenberger conseguisse realizar uma manobra que tem pouquíssimos casos bem-sucedidos. O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, classificou o piloto como "herói". 
A fama já lhe rendeu até uma homenagem na rede social Facebook na web, na qual foi criada uma comunidade com o nome de "Fãs de Sully Sullenberger". Sullenberger só abandonou a aeronave após todos os passageiros e membros da tripulação deixarem o aparelho. Gravações mostram que o comandante ficou calmo durante todo o percurso até atingir o rio. 
- Ele fez um trabalho maravilhoso. Todos os louros para ele pela aterrissagem - disse à CNN o passageiro Jeff Kolodjay, que tentava voar de Nova York a Charlotte, na Carolina do Norte.
- Já voei em muitos aviões e essa foi uma aterrissagem fenomenal - declarou Fred Berretta, outro passageiro. Rick Kurner, também piloto da US Airways e que voou com Sullenberger por 23 anos, concorda
:
- Ele sempre foi um profissional inacreditável.
" Já voei em muitos aviões e essa foi uma aterrissagem fenomenal "
Noticia completa clique aqui


Postar um comentário

1 Comentários

  1. Foi verdadeiramente uma proeza e uma aula de pilotagem e principalmente de controle psicológico. O sr. Sullenberger merece todas as homenagens que está recebendo.

    Abração

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!