Reciclagem de PVC no País aumenta

O volume de PVC reciclado (pós-consumo) no Brasil, no ano passado, foi de 21,6 mil toneladas. Isso representa um crescimento de 52,6% em relação ao número verificado em 2005. "E tudo caminha para aumentar esse percentual", afirma o diretor-executivo do Instituto do PVC, Miguel Bahiense Neto. Ele argumenta que cresce cada vez mais a quantidade de municípios que contam com coleta seletiva de lixo, catadores e indústrias de reciclagem de PVC. 

No ano passado, a estimativa era de que 136 empresas realizavam a reciclagem mecânica de PVC no País. Deste total, 15 companhias encontram-se no Rio Grande do Sul. As empresas nacionais desse setor geraram um faturamento de cerca de R$ 124 milhões no ano passado, oportunizando em torno de 1,4 mil empregos. 

A quantidade de PVC descartada em 2007 foi de 127 mil toneladas. A capacidade instalada de reciclagem no País é de cerca de 69 mil toneladas ao ano. Os números apontam que o índice de reciclagem do PVC no Brasil é de 17%. O índice médio da União Européia para a reciclagem mecânica de plásticos (sem levar em conta a queima do material para a geração de energia), em geral, é de 18,3%. 

O PVC que é reaproveitado provém de produtos cuja vida útil terminou e são descartados como: embalagens, lonas e calçados. O material reciclado pode ser usado para a fabricação de vários produtos, desde que não entre em contato com alimentos, área médica e transporte de água potável. O levantamento dos dados sobre a reciclagem foi realizado pela MaxQuim Assessoria de Mercado devido à solicitação do Instituto do PVC.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Quanto dinheiro jogamos no lixo todos os dias?
    Poluição dos rios, aumento da temperatura do planeta, escasses dos alimentos...
    Devemos ter em mente que: "nada se perde tudo se recicla".

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!