Grêmio massacra o Figueirense e assume a liderança do Brasileirão

Foto: Flavio Neves

Perea e Reinaldo, ambos três vezes, e Marcel marcaram na noite dos atacantes

O Grêmio massacrou o Figueirense ao vencer por 7 a 1, no Estádio Orlando Scarpelli, nesta quinta-feira, naquela que é maior goleada de sua história no Brasileiro e desta edição do campeonato. Na noite dos atacantes, Perea e Reinaldo (ambos três vezes), e Marcel marcaram, e levando o Grêmio à liderança Brasileirão. Cleiton Xavier descontou para o time catarinense.

 Veja os gols da partida

 





O time de Celso Roth tem a melhor defesa, com apenas 11 gols sofridos, e o segundo melhor ataque, com 26 marcados — um a menos que o Flamengo.



A vitória foi marcante. Não apenas pelo placar elástico, mas pela boa atuação. No primeiro tempo, o time encaixou a marcação, manteve maior posse de bola e envolveu o Figueirense. Depois de nove rodadas sem marcar, Perea fez dois ainda no primeiro tempo, e deixou o campo aclamado pelos cerca de quatro mil gremistas que foram ao Orlando Scarpelli. No final da primeira etapa, Cleiton Xavier descontou, de pênalti, após um lance infeliz de Paulo Sérgio — que vinha muito bem na partida.



Já no início do segundo tempo, o Grêmio dava indícios de que o gol seria uma questão de tempo. E se passaram apenas oito minutos até Marcel cabecear sozinho, no canto esquerdo. Perdido em campo, o Figueirense não conseguia reagir. Perea marcou o seu terceiro. Reinaldo, que substituiu Marcel, deixou três em 13 minutos. O Figueirense só assustou com um arremate de Ramon, ex-Grêmio, que explodiu na trave de Victor. Vendo o time dominado em campo, muitos torcedores já haviam deixado o estádio antes dos 30 minutos. Já os gremistas, que fizeram barulho durante todo o jogo, comemoravam a liderança, a goleada e a boa atuação do time.



No vestiário, pensamento já está no Palmeiras



Mesmo contente com a vitória, Celso Roth não se deixou levar pela euforia, e destacou ser mais difícil manter do que chegar à liderança. Na saída de campo, os jogadores do Grêmio mostraram discurso afinado com o técnico, e mostraram já estar focados no jogo com o Palmeiras, domingo às 16h, no Olímpico. Roth não terá Paulo Sérgio, que recebeu o terceiro cartão amarelo — ele não poderia jogar por um acordo de cavalheiros, assim como Makelele. Wanderley Luxemburgo não poderá contar com Valdívia, que também está suspenso.
Tecnologia do Blogger.