Britânicos testam droga que retarda avanço de Alzheimer

Remédio pode ser lançado no mercado até 2012, dizem os cientistas.
Da BBC
 
Cientistas britânicos desenvolveram uma droga que pode retardar o avanço do mal de Alzheimer.

Testes da droga, conhecida como 'rember', em 321 pacientes mostraram que houve uma diferença de 81% na taxa de deterioração mental em comparação aos que não receberam tratamento.

Os pesquisadores da Universidade de Aberdeen, na Escócia, disseram que a droga age sobre o acúmulo de uma proteína específica no cérebro.

Especialistas no mal de Alzheimer estão otimistas com os resultados, mas disseram que são necessários agora testes mais amplos para confirmar sua eficácia.

Ao apresentar sua pesquisa na Conferência Internacional sobre o Mal de Alzheimer, em Chicago, Claude Wischik disse que a droga pode ser lançada no mercado até 2012.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Excelente, meu amigo.
    Minha sogra sofre com a doença, e me assusta a idéia que a minha esposa a herde.
    Hoje tem coisas lá em casa que talvez interessem: do link para o jogo do Grêmio ao vivo a mais uma edição do "Por Onde Anda?"...
    Passa lá!
    Abração!
    Ah, meu amigo, apenas pegue o selinho da acessibilidade. Não há link nem segunda intenção com isso. Apenas um "chamado à atenção" porque não sabemos quando poderemos precisar também de acessibilidade. Estamos todos sujeitos aos imprevistos.
    Será um prazer que o traga pra cá.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!! Volte Sempre!!